Assembleias de diversos estados apontam para GREVE!

tricheiras fenajufe

Diversos sindicatos dos servidores do Poder Judiciário da União realizaram rodadas de assembleias gerais e deliberaram, a exemplo do SINDJUFE-TO, pela adoção do calendário nacional de paralisações, previstas para os dias 27 de maio, 2 e 3 de junho e, por tempo indeterminado, a partir de 10 de junho, caso as negociações em torno da aprovação do PLC 28/2015 não sejam iniciadas ou permaneçam paralisadas.

Embora as informações não estejam centralizadas, este sindicato apurou que além do Tocantins, já deliberaram pela paralisação os seguintes estados: Bahia, Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais (parcial), Pará, Paraná e Santa Catarina. Diversos outros estados se reúnem nos próximos dias para deliberação, com forte indicativo de aderirem ao movimento paredista.

Os dirigentes sindicais são unânimes em afirmar que, mesmo com a aprovação do PLC 28/2015 na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, a mobilização precisa se intensificar e que as paralisações já agendadas precisam ocorrer. Na visão dos sindicatos, no momento, esta é a única forma de pressionar os senadores para que aprovem o PLC em plenário e, o Poder Executivo, para sanção, tendo em vista o quadro de incertezas que paira em Brasília.

Apenas reforçando, na assembleia geral extraordinária ocorrida no último dia 19/05, foi aprovada a adesão dos servidores do Poder Judiciário Federal no Tocantins no movimento de paralisação. As paralisações ocorrerão nos dias 27/05, 02 e 03/06 e, a partir do dia 10/06, por tempo indeterminado.

Na foto desta matéria estão os coordenadores gerais do SINDJUFE-TO, Jairo Bonfim e Wandeley Cruz, que paticiparam da mobilização na reunião da CCJ ocorrida na data de ontem (20).

Veja mais sobre o assunto na matéria da Fenajufe acessando AQUI.

Fontes: Fenajufe, Sindjufeba, Sintrajufema, Sintrajufe (MT), Sintraemg e Sintrajusc.

Foto: Fenajufe

______

SINDJUFE-TO

zação 

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *