Jornada de 6 horas

Na última segunda-feira, dia 13/04/2015, os Coordenadores do SINDJUFE, Jairo Bonfim, Maria do Carmo e Marcos Leôncio, se reuniram com o Diretor Geral do TRE, José Machado, para tratar de diversos assuntos de interesse da categoria.

Esta foi a primeira reunião da atual diretoria do SINDJUFE com a administração do TRE. O encontro foi marcado com muita cordialidade e boa receptividade de ambas as partes.

Os Coordenadores salientaram que o SINDJUFE é um canal de comunicação entre os servidores e a Administração, buscando sempre atender aos anseios da categoria e encaminhará, sempre que necessário, as diversas reivindicações da classe, procurando sempre uma solução equilibrada, mas focada na garantia ou conquista de direitos dos servidores.

José Machado agradeceu esse primeiro contato e relatou o empenho com que ele e, principalmente, a Presidente do TRE, Desembargadora Jacqueline Adorno, têm atuado para o atendimento das reivindicações dos servidores, especialmente no que se refere a aprovação do PL 7920 e, mais especialmente, na inclusão, na Lei Orçamentária de 2015, dos valores necessários à implantação do PCCS. Embora esses valores não tenham sido incluídos na Lei Orçamentária, nos dias que antecederam à votação, a Presidente se reuniu com os Deputados e Senadores do Tocantins e pediu-lhes apoio à causa dos servidores.

O SINDJUFE aproveitou o ensejo para discutir com o DG assunto que depende exclusivamente de deliberação do TRE, que é a redução da jornada de trabalho diária de 7 para 6 horas. O SINDJUFE argumentou que a redução da jornada trará inúmeros benefícios, tanto para a Administração, quanto para os servidores, dentre eles, melhor qualidade de vida, mais produtividade, economia de energia, água, entre outros, a exemplo do que ocorre em outros 18 Tribunais Regionais Eleitorais, que já implantaram com sucesso a jornada de 6 horas.

O DG se mostrou receptivo a essa reivindicação e, embora não tenha adiantado nenhuma deliberação, entende como justa e plausível de atendimento a reivindicação. No entanto frisou que o assunto, para ser discutido, depende de provocação por parte do sindicato e, é claro, de sua análise por parte dos diversos setores do Tribunal.

 

Os Coordenadores informaram que o requerimento já está praticamente pronto e que nos próximos dias será apresentado a Administração do TRE. 

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *