Assembleia ocorrida em 14-08-2012

Na tarde de ontem, 14 de agosto de 2012 às 17:30, reuniram-se em assembleia  membros da diretoria e filiados do Sindjufe/TO, com a finalidade discutir as mais recentes notícias sobre a luta da nossa carreira pelo reajuste salarial.

Os coordenadores gerais Carlos Correia e Ananias Renovato informaram aos presentes sobre o calendário de reuniões e manifestações agendadas pela Fenajufe para esta semana e oportunizaram aos presentes a possibilidade de enviarmos um representante a Brasília para participar da Marcha Nacional dos SPFs, Reunião ampliada da Fenajufe e Plenária Nacional dos SPFs, que acontecem dias 15, 16 e 17 deste mês, respectivamente. Infelizmente nenhum dos presentes se dispôs a representar nosso sindicato em Brasília, mas como o coordenador Ananias está com viagem marcada para Salvador para participar de encontro da Agepoljus, com escala em Brasília, se ofereceu para tentar antecipar as passagens e participar de parte dos eventos.

Dada a palavra aos presentes, o coordenador de finanças e patrimônio, Dr. Francisco Augusto Ramos, falou sobre experiências anteriores de movimentos grevistas no judiciário federal tocantinense e lamentou a conjuntura atual em que o direito de greve do funcionalismo público é massacrado pela Administração, que tem obrigado os sindicatos a garantir um mínimo de 80% dos trabalhadores em atividade.

Após, o filiado José Renato comentou sobre a iniciativa dos servidores da Polícia Rodoviária Federal, que fazem uma operação padrão como forma de protesto e sugeriu que estudássemos a possibilidade de fazermos algo semelhante.

Estava presente um representante dos servidores que trabalham no TRT 10ª Região, que manifestou a vontade de integrar as atividades com as do nosso sindicato, proposta bem recebida pela diretoria, que o convidou a propor aos seus colegas que se filiassem ao nosso sindicato, que originalmente foi concebido para representar os servidores da justiça do trabalho, justiça federal, justiça eleitoral e Ministério público da União no estado do Tocantins.

Por fim, os presentes decidiram entrar em estado de greve a partir do dia 15 de agosto e convocar uma assembleia extraordinária para a próxima semana, quando estarão presentes em Palmas grande parte dos servidores da justiça eleitoral que trabalham em Zonas Eleitorais no interior do estado.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *